quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ORACLE VIRTUAL MACHINE SERVER - Parte III - "Integrando o OVM Server ao OVM Manager"

Olá pessoal, tudo bem? Há tempos que não paro por aqui para trocarmos idéias, pois bem, agora que passou todos os compromissos inadiaveis posso dar mais atenção ao meu canal de comunicação, onde divido com vocês as minhas experiencias com produtos Oracle e demais arquiteturas e tecnologias utilizadas no meu dia-a-dia.

Sem mais enrrolações este artigo tem como objetivo central mostrar á vocês como integrar o seu Oracle VM Server ao seu Oracle VM Manager, e com isso conseguir criar suas Virtual Machines e gerencia-las da melhor maneira possível.

Vamos lá então? Espero que apreciem e até breve.

RECAPITULANDO

Atualmente temos disponiveis no mercado uma variedade muito grande de softwares de virtualização, sejam eles nativos de suas respectivas plataformas ou apenas gerenciadores externos de máquinas ( VirtualBox, VMware, OVM for Linux ). No entanto é bom salientar que além de contribuir para essa tendência não tão nova de mercado, voltada a sustentabilidade do planeta, nós podemos ter uma maior flexibilidade no que diz respeito a reconfigurações de ambientes á nivel de hardware utilizando a virtualização.

Os meus outros dois artigos que dividi aqui junto com vocês tratou da rotina de instalação e configuração dos produtos utilizados para tal, que foram no caso Oracle VM Server e Oracle VM Manager

Ao meu ver a Oracle foi bem sucedida no tocante a virtualização, pois o OVM Server é muito confiável e muito mais economico em termos de licenciamento do que por exemplo o VMware, onde se você possui uma máquina Gerenciadora com 40 Cores, mais criará uma VM Guest com apenas 2 Cores para poder instalar um Oracle Database, você é obrigatóriamente levado a licenciar seu Oracle Database para esses 40 Cores, mesmo não utilizando-os.

Á titulo de conhecimento, segue as palavras contidas no Oracle VM 3 Whitepaper , disponível no próprio site do fabricante :

"Oracle VM 3 is the latest release of Oracle’s server virtualization solution. As customers focus on delivering complete solutions, they are looking to virtualization to help them transform the datacenter—moving beyond server consolidation to improving application deployment and management. This is a fundamental tenet of Oracle VM 3.
 

Oracle VM 3 is a free server virtualization and management solution that makes enterprise applications easier to deploy, manage, and support. Backed worldwide by affordable enterprise-quality support for both Oracle and non-Oracle environments, Oracle VM facilitates the deployment and operation of
your enterprise applications. Oracle VM is the only fully certified platform for all Oracle software.
 

Deployed and tested in real world enterprise datacenters, Oracle VM is proven to reduce operations
and support costs while simultaneously increasing IT efficiency and agility."


Sendo assim, é nitido o compromisso da Oracle em tornar a vida dos seus respectivos usuários mais simples e com soluções em diversas arquiteturas a serem elaboradas e disponibilizadas para o mercado.

DESCOBRINDO SERVIDORES NO OVM MANAGER

O primeiro passo antes de procedermos com a integração do Ovm Manager com o OVM Server, precisamos identificar no ambiente, onde se encontra o nosso server que proverá os recursos necessários para que possamos criar nossas VM Guests ( memória, processadores, placas de redes e discos).

Abaixo podemos visualizar nossa primeira tela de login do OVM Manager, onde executaremos a maioria das nossas atividades de criação de ambientes e também de manutenção dos mesmos.


 Uma vez logado no ambiente é o momento de procedermos com o "Discover Servers".





Para isso , basta que identifiquemos no nosso lado esquerdo da tela acima mostrada, uma opção chamada "SERVER POOL", e cliquemos com o botão direto sobre ela para nos mostre as seguintes opções :




Como a figura acima mesmo mostra, temos a opção de "Descobrir Servidores", para isso é necessário que nosso OVM Server Machine esteja devidamente iniciado e operante. Ao clicarmos no botão aparecerá a seguinte tela :




Nesta tela devemos informar a senha do agente , que foi configurada na instalação do ambiente e também abaixo do campo onde se informa a senha temos que informar o número IP ou IP's caso estejamos trabalhando com mais de 1 Ovm Server, para que seja feita avarredura pela ferramenta e a mesma nos apresente todos os Hardwares dedicados a serem gerenciados pelo Ovm Manager.




Passadas as informações, uma mensagem do progresso do descobrimento dos servidores no ambiente será mostrada na parte inferior da tela como indica a seta na figura identificada pelo numero "1". Logo podemos notar também que na pasta do lado esquerdo cujo nome é "Unassingned Servers" criou um drill-down, que pode ser expandido e verificado seu conteudo :



 Notaremos então que trata-se do nosso servidor que foi devidamente encontrado, e que agora precisa ser associado a um SERVER POOL que deve ser criado no ambiente antes de prosseguirmos.


CONFIGURAÇÕES ADICIONAIS PARA USO DO NFS 


Por se tratar de um ambiente controlado, e não termos aqui a disposição um STORAGE que nos proporcione uma conexão direta com uma LUN para criaçao dos repositórios e server pool, eu necessitei realizar uma configuração de NFS entre os dois servidores envolvidos, e abaixo seguem os prints dos passos que devem ser reproduzidos para este cenário :


Dois serviços devem ser iniciados em ambos os lados ( Ovm Server e Manager), são eles : PORTMAP e NFS. Acima uma breve verificação do status destes serviços através do comando "SERVICE [nome do serviço] STATUS.


 Se for identificado que algum dos dois não está no ar, por favor procedam com o STARTUP do mesmo, utilizando a sintax mostrada na figura acima.


É importante também que no OVM Server em seu arquivo de EXPORTS, localizado no "/etc/", adicionemos algumas informações :


Essas informações, que correspondem a pontos de montagens locais, endereços IP que acessaram essas diretórios e privilégios de quem os acessar, devem estar dispostos dentro deste arquivo, como mostra a figura acima.


 Caso queira limitar alguns endereços da sua rede utilize o arquivo de HOSTS.DENY, que fica localizado no "/etc/" também e adicione as informações conforme abaixo :

 Só faça uso dessa opção se tiver interesse em limitar o acesso, e no lugar de ALL informe o IP e a classe ou apenas o IP/Mascara de rede, que será restringido a não acessar as pastas. Do contrário basta deixar o arquivo em branco e seguir.



No arquivo de HOSTS.ALLOW, devem constar as informações para que se possa fazer uso das pastas compartilhadas via NFS, como mostramos na figura acima. Este arquivo assim como os demais também esta localizado no "/etc/".






Caso queira que os pontos de montagem sejam automaticamente iniciados junto com o S.O do Ovm Manager, adicione as entradas acima no arquivo de FSTAB localizado no "/etc" da máquina do OVM Manager, com isso os pontos de montagem utilizado para o NFS serão "startados" com o Sistema Operacional.

Ficando assim a disposição como mostra a figura abaixo :



CRIANDO O SERVER POOL

Bem, partiremos agora então para a criação do nosso server Pool, depois de termos realizado essas pequenas configurações adicionais de NFS ( Network File System ) para suportar nossos repositórios no OVM Manager.

No Manager, clicando com o botão direito sobre a palavra SERVER POOL, acharemos a opção de cria-lo, como mostro abaixo :



Ao clicar seremos enviados para a pagina abaixo, onde devemos preencher as informações de :

  1. nome do server pool
  2. ip virtual do server pool ( deve ser da mesma subnet do server e do manager)
  3. desmarquem a opção de cluster, pois criaremos o pool localmente


Após feito tudo isso basta clicar em NEXT.

 

Notem na figura acima que agora dentro do menu de Server Pool, aparece uma opção chamada "dbguard-pool", que acabamos de criar, porém ainda falta associar o nosso OvmServer que foi descoberto a este Server Pool existente.



Cliquem com o botão direito sobre o server pool desejado e escolha a opção ADD SERVER .


Será apresentada esta tela acima, com a opção de escolhermos os servidores que serão associados ao POOL. Basta proceder com a escolha e em seguida clicar em OK.


BINGO!!!...Associamos nosso servidor de OVM ao nosso Pool recem criado.



CRIANDO NFS STORAGE SERVER

Para que possamos utilizar os compartilhamentos de NFS que criamos, é necessário adicionar ao ambiente, um servidor de arquivos. Na tela inicial do Manager, navegue até a aba chamada STORAGE




Uma vez dentro da opção desejada, há um botão de ADD na barra superiro, representado por uma pasta com um simbolo de "+" em verde, clique neste icone para ver a seguinte tela :


 Aqui devemos informar o nome do nosso servidor de arquivos e também o IP, no nosso caso é o nome que desejarmos e o IP deve ser o mesmo do OVM Server. Feito isso aparecerá as seguintes informações ao clicar em OK.


Nossos compartilhamentos serão apresentados como forma de opção de repositórios a serem usados, selecionem todos ou somente os que desejarem e prossigam.



Uma vez tudo ocorrendo bem nosso FILE SERVER aparecerá como mostra a figura acima identificado pela seta.


Bem, essa era a minha apresentação para vocês da integração do OVM, espero que tenham gostado, que façam um bom uso da ferramenta pois é muito util no dia a dia para contrução de ambientes e também facilita em muito para nossos testes de produtos e features Oracle.

Abraço á todos até a próxima. Sucesso Sempre!!!!